Início » Sua Região » São Vicente » Bancários paralisam atividades e clientes ficam sem atendimento

Bancários paralisam atividades e clientes ficam sem atendimento

Correntistas que procuraram a agência do Santander, na Praça Coronel Lopes (Correio), no Centro de São Vicente, na manhã desta sexta-feira (13), amargaram horas na fila a espera de atendimento. A agência bancária só iniciou o atendimento depois de meio-dia. A paralisação, segundo o Sindicato dos Bancários de Santos e Região, ocorreu em razão dos maus tratos enfrentados pelos funcionários da unidade.

Pouco antes do horário de reabertura da agência, a Reportagem havia recebido pelo menos três ligações de clientes que aguardavam do lado de fora do banco para entrar na agência. “Está uma fila enorme, dando a volta no banco e essa é a única agência do Santander por aqui”, relatou uma das clientes, que não quis se identificar. Quando a Reportagem chegou ao local, o atendimento já havia sido normalizado.

Procurado para comentar o assunto, o Sindicato dos Bancários relatou que a agência já estava fechada desde ontem e só reabriu após uma negociação nesta manhã.

“Foram discutidos não só o assédio da gerente geral, mas também o assédio da gerente de atendimento. Que foi citada em algumas denúncias. Deixamos claro que se novas denúncias sobre assédio aparecerem na agência, voltamos a fechar por tempo indeterminado”, explica o dirigente do Sindicato e funcionário do Banco, Fabiano Couto.

Conforme a entidade, o descaso do Santander com os trabalhadores fez com que a diretoria paralisasse as atividades na agência durante todo o dia desta quinta-feira e novamente hoje. Uma outra paralisação já havia ocorrido no dia 6.

Em nota, o Santander informa que a agência localizada à Praça Coronel Lopes, em São Vicente, reabriu às 12 horas. O banco acrescenta que “respeita a atividade sindical e possui um fórum específico e permanente de negociação e diálogo com os representantes dos funcionários.”

Resposta

Seu email não será publicado.Campo obrigatório *

*